Queda Capilar

Uma das queixas mais comuns no meu consultório (e por aqui!), sem dúvidas, é a queda capilar. As causas da queda de cabelo podem ser internas ou externas. Vou pontuar (algumas!)…

Externas:

1. Escova progressiva;

2. Tinturas de má qualidade;

3. Tração dos fios – como em sessões de alisamento ou por pressão provocada em penteados que puxam o cabelo para trás;

4. Acúmulo de resíduos de cremes no couro cabeludo;

5. Uso de secadores e escovação brusca.

Nesses casos, é necessário um tratamento profundo e intensivo à base de cremes específicos para a recuperação dos fios – como a máscara de Bepantol que citei anteriormente.

Internas:

1. Má alimentação – procure seguir uma dieta equilibrada que contenha carne vermelha, frango, peixe – rico em proteínas – grãos, nozes, legumes, cereais integrais e cenoura;

2. Anemia por falta de ferro – uma das causas mais comuns de queda e enfraquecimento dos fios!

3. Micoses do couro cabeludo;

4. Pós-parto;

5. Uso das pílulas anticoncepcionais;

6. Distúrbios da glândula tireóide;

7. Calvície hereditária;

8. Alopécia areata;

9. Estresse;

10. Tabagismo.

ATENÇÃO:

Quando os cabelos estão caindo em grande quantidade ou quando tornam-se mais finos e escassos, não se deve dispensar a avaliação de um dermatologista para descobrir com precisão a causa – buscamos informações sobre sua dieta, uso de medicamentos, histórico familiar e doenças recentes.

Lembrando que em consultório, podem ainda ser realizados exames específicos do couro cabeludo – como dermatoscopia e biópsia, para direcionarmos o melhor tratamento.

No post de hoje, algumas opções de tratamentos possíveis para queda capilar:

1. MINOXIDIL – loção capilar manipulada por dermatologistas;

2. AVICIS – tratamento de queda relacionada principalmente a fatores hormonais. Recomendado apenas em casos Alopecia Androgenética, se a causa da queda for outra, o remédio não fará o efeito esperado;

3. KERIUM ANTIQUEDA – complemento excelente ao tratamento com Minoxidil;

4. PILEXIL tônico capilar;

5. SHAMPOO ANAPHASE, Ducray;

6. KIT NIOXIN – gosto do Nioxin Intense Treatment Hair Booster;

7. COMPLEXOS POLIVITAMÍNICOS – como Pill Food, Pantogar, Innéov Nutricare, Innéov Força Capilar Homem;

8. FINASTERIDA – medicamento de administração oral;

9. Laser de Baixa Intensiddade.

Lembrando que NENHUM agente medicamentoso faz crescer cabelos em uma área totalmente sem cabelos, ok?

Na maioria das vezes, há a necessidade de combinarmos tratamentos para controlar (de vez!) a queda capilar. Por isso, não deixem nunca de buscar orientação de um especialista – é fundamental!

Beijinhos,

Lá.

3 Comentários


  • Lenise Santana says:

    Oi Laíse,

    Meu cabelo caiu bastante após um procedimento químico em um salão, foi preciso cortar pois fiquei com vários pontos curtos na raiz. Já faz quase 1 ano e agora sim, após tomar suplementos, usar produtos caros e reconstrutores pra que os fios pudessem crescer novamente e voltarem a ser saudáveis.

    Estou adorando suas dicas e sempre venho aqui no site “pescar” algo novo!

    Abraço!!

  • Wlad says:

    Lá muito oportuno o post de hoje,pode se dizer que você está prestando um serviço de utilidade pública!!!Há 7 meses enfrento uma perda significativa dos fios.Minha dermato(gracinha) realizou exames clínicos e laboratoriais que estavam normais.Como os fios nascem na mesma proporção em que caem a “culpa” só pode ser do brushing.O jeito foi dar um tempo para o secador e caprichar na hidratação(puro luxo).Parabéns pelo blog,a semana temática foi surpreendente!Que venham muitas outras!Beijos no coração.

10/05/2014 08:30
por Laíse Leal
3 Comentários