Pitiríase Rósea de Gibert

Respondendo a Gesse Martins, lá de Cascavel/PR, hoje falo sobre a Pitiríase Rósea de Gibert. E acreditem: o nome é bem mais complicado que a doença!

Apesar de não ter uma causa definida, especialistas admitem três hipóteses para o início: vírus, ansiedade (fundo emocional) e susceptibilidade genética. Tudo começa com uma lesão maior e ovalada chamada de “medalhão”, que pode passar despercebida pelo paciente. Após alguns dias surgem diversas lesões menores por todo o tronco, mas dificilmente no rosto e extremidades. As erupções têm o centro amarelado, extremidades rosadas e bordas descamativas. A descamação pode ser observada  esticando a pele.

pitiríase1

A doença não tem predileção racial, acontece na maioria das vezes em pessoas de 10 a 35 anos e é mais comum em mulheres (apesar de acometer homens também!). As lesões aparecem de maneira aguda e em surtos, sendo mais frequentes na primavera e no outono. Elas normalmente duram de 4 a 8 semanas, mas algumas chegam a durar meses. A boa notícia é que as lesões involuem espontâneamente e desaparecem sem deixar marcas na pele. Em alguns casos a cor da pele fica levemente alterada, mas isso é temporário!

Este tipo de pitiríase é assintomática, causando desconforto estético e em 25% dos casos coceira leve a moderada. Somente 5% dos casos estudados apresentam sintomas mais graves como cefaléia, artralgias, astenia, vômitos, diarréia e mais raramente tonsilite, amigdalites, faringites e linfoadenopatia generalizada. Ah! Ela não é contagiosa e as recidivas (reaparecimento) são raras.

Apesar de nada alarmante, é imprescindível visitar um dermatologista já nos primeiros sintomas, pois um diagnóstico precoce é fundamental! Muitas pessoas acabam confundindo o “medalhão” com uma super-micose e gastam à toa com os remédios errados. Os tratamentos mais comuns são loções com mentol e calamina, algumas vezes corticóide tópico e quando o prurido é muito intenso, um anti-histamínico é recomendado.

Não se automedique! Vá ao seu dermatologista, ok?

Grande beijo!

Lá!

 

Dica de ouro: Cicaplast Baume B5

LEIA MAIS

Disidrose

LEIA MAIS

Voltei!!!!

LEIA MAIS

26/02/2015 08:00
por Laíse Leal
Nenhum comentário